5º capítulo *.*

22:12:00

Cá vai mais um capítulo para as minhas fofinhas...

… uma praia deserta. Ele estacionou a mota, tirámos os capacetes e caminhámos até à areia. Tirámos os chinelos e sentámo-nos em silêncio na areia seca a olhar para o mar. Por momentos desviei o olhar do mar e olhei para o Rafa, ele era lindo ainda para mais assim com os cabelos ao vento e o olhar cativante preso no mar com o brilho do Sol, notava-se que gostava muito de ali estar. Estávamos há demasiado tempo assim, eu estava com calor por isso despi-me e fiquei em biquíni. Ele olhou para mim durante algum tempo, abria e fechava a boca até que também se despiu. Fiquei estática, ele era… PERFEITO… era lindo, o corpo todo definido e com a pele ligeiramente morena que o fazia parecer um Deus.
[Rafa]
Estávamos em silêncio a olhar para o mar até que ela se resolve despir. Até aí tudo bem mas quando olho para ela… WOOOW! Ela era linda, tinha um corpo mesmo lindo que me dava vontade de ir ao pé dela, puxá-la para mim e nunca mais a largar. Acabei por também me despir.
- ‘Bora à água?- perguntei eu.
- Acho que não… deve estar gelada.- respondeu aquela menina linda.
- Não vais a bem, vais a mal.
- Não me podes obrigar a ir.
- Ah isso é que posso!- agarrei-a e levei-a para dentro de água.
- Sr. Rafael, vais pagá-las!- Ameaçou ela.
- Pois, pois,…
Ficámos a brincar na água durante algum tempo até que ficámos demasiado próximos.
[Rafa off]
Estávamos nós a brincar na água quando o menino Rafa me resolve afogar, de seguida, vai também para dentro de água e levanta- nos agarrando-me pela cintura. Ficámos separados por escassos centímetros, sentia a sua respiração descompassada e quente a bater-me no rosto, o que me reconfortava ao mesmo tempo que me afligia por estarmos tão perto dele.
[Rafa]
Estou tão nervoso… não sei explicar. Beijá-la seria precipitado? Talvez, conhecemo-nos ontem. Eu estou confuso ou ela mexe mesmo muito comigo? Não! Eu não posso sentir isto! Pára, Rafael Paz! Ela é tão perfeita e está aqui à tua frente. Percebi que ambos estávamos nervosos e inseguros pela sua respiração que me batia no rosto, o que me fazia perder os sentidos, por isso resolvi…


Espero que tenham gostado. O que terá ele feito? O que irá acontecer entre eles? Comentem e deixem as vossas sugestóes e opiniões para o blog e para a história.

You Might Also Like

4 comentários

A minha Lista de blogues